Segurança nas redes sociais

Tanto se fala da segurança nas redes sociais, onde muitas vezes um simples comentário ou uma foto postada pode ir muito além do que imaginávamos. Quando disponibilizamos algum conteúdo na internet, não conseguimos ter total controle de até onde esta informação irá parar e até mesmo, não nos damos conta que o conteúdo ali postado  pode ficar armanezado na rede por anos.

Se antes espionar a vida alheia era apenas possível no meio offline, hoje, os fofoqueiros online de plantão recebem nome próprio: são conhecidos como stalkers (do inglês stalkear: perserguir). E aí, fica aquela pergunta: será que estamos realmente seguros nas redes sociais?
Para auxiliar neste e em outros processos relacionados à segurança da internet, o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (Cert.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) lançou a nova versão da Cartilha de Segurança para Internet, a 4.0, que está disponível aqui. A última atualização foi feita em 2006.
A nova versão contém ilustrações e inovações técnicas importantes e é licenciada no Creative Commons. Em seu primeiro capítulo, traz uma introdução sobre os riscos e os cuidados necessários para o uso da internet. A partir daí, o tema é aprofundado e aborda cuidados a serem tomados, além de mecanismos de segurança. Em breve, o documento também poderá ser visualizado em formato eletrônico.
No segundo semestre do ano, fascículos especializados serão liberados periodicamente para download, com o objetivo de auxiliar profissionais e usuários da internet.  Os dois primeiros serão sobre “redes sociais” e “senhas”.