Por que o m-commerce tem tudo para crescer?

O uso dos dispositivos mobile é uma das maiores tendências da tecnologia no ano de 2012. A previsão no Brasil, por exemplo, é de que até o final do ano os aparelhos predominem sobre os celulares comuns. A popularização desses produtos, através de políticas de incentivos fiscais e produções em larga escala impulsionam esta expansão. Muitas pessoas atualmente já preferem acessar a web através dos smartphones do que em computadores tradicionais.

Os usuários passam cada vez mais tempo entretidos com seus dispositivos móveis, gastando cerca de 27 minutos por dia enviando mensagens de texto e utilizando o bate-papo. Atrelado à este crescimento, está o mobile commerce, que, apesar do grande potencial, ainda tem empecilhos que o impedem de progredir, como a falta de confiança dos usuários na segurança desses aparelhos.

Com o objetivo de demonstrar a necessidade de investimentos em seu canal de m-commerce, a CultureLabel compilou as estatísticas acerca do comportamento da população que já tem acesso aos dispositivos mobile. Os dados mostram a perspectiva extremamente positiva do comércio móvel. O infográfico abaixo traz alguns apontamentos importantes neste sentido: 87% da população mundial já possui smartphones. A previsão é de que em 2015 o comércio móvel alcance a marca de 100 bilhões de dólares em vendas.