Facebook se compromete a melhorar política de privacidade

privacidade no facebook

As questões envolvendo a privacidade dos usuários crescem cada vez mais entre as redes sociais. Exemplo disso é a investigação realizada durante três meses por autoridades irlandesas no escritório internacional do Facebook em Dublin. O objetivo era mapear falhas e problemas na rede social. O escritório investigado é o responsável por controlar todas as contas do site registradas fora dos EUA e Canadá. Concluída a auditoria, a rede social teve de se comprometer em melhorar sua política de privacidade.

Em comunicado divulgado na última quarta-feira, o comissário de proteção a dados da Irlanda informou que a rede social precisa investir em novos recursos para proteção dos dados de seus usuários nos próximos seis meses. Uma nova avaliação formal deve ser realizada em Julho de 2012.

As mudanças que o Facebook se comprometeu a realizar dizem respeito ao fornecimento de informações aos usuários sobre como a rede social e aplicativos de terceiros gerenciam suas informações pessoais, além de excluir detalhes mais prontamente e alertar os usuários europeus que utilizam tecnologia de reconhecimento facial, recurso que os marca automaticamente nas imagens publicadas no site.