Facebook – “Brincadeira” de criança?

A inserção da tecnologia na educação é uma das grandes discussões entre professores, alunos, empresários de tecnologia e a sociedade em geral, mas será que as redes sociais como o Facebook são lugares para as crianças? Segundo Mark Zuckerberg, sim!

Em uma declaração dada nos últimos dias, o proprietário da maior rede social do mundo, afirmou que deseja um aumento da participação das crianças em sua plataforma, com a justificativa de que ela pode ser um incentivo à educação. “A educação é claramente o fator que irá conduzir melhorias na economia em longo prazo. No futuro, software e tecnologia irão permitir que as pessoas aprendam muito com seus colegas”, afirmou Zuckerberg em recente conferência.

Um dos principais entraves para esse crescimento é a proibição da participação de menores de 13 anos em redes que coletam dados pessoais, como é o caso do Facebook. Entretanto, Mark Zuckerberg parece estar disposto a mudar algumas opções de uso para atingir esses e outros usuários. A questão é sempre delicada visto que recentemente foi divulgado na mídia o vazamento de informações de usuários. E você, o que acha?