Como acabar com as crises com a ajuda das redes sociais

Gerenciar crises em empresas sempre foi um desafio para as organizações, em geral, responsáveis por manter a imagem da empresa e responder em momentos de crises, os assessores de imprensa sempre buscaram as melhores formas de se comunicar com seus stackholders em momentos negativos. Hoje, com o advento das redes sociais, e com sua utilização para a comunicação entre empresa e público, a disseminação entre os usuários é muito mais rápida e viral, um boato, uma crise, um problema com um dos socios, são muito mais facilmente disseminadas. Ao mesmo tempo fica mais fácil para a empresa se comunicar diretamente com o seu publico e repassar a sua posição para todos os usuários.

Assim como é importante que a empresa se posicione nas redes sociais quando as coisas estão boas, aparecer e se relacionar quando problemas estão acontecendo também é fundamental.  Esqueça o  “nada a declarar”, falar e mostrar segurança em relação ao problema é fundamental para que a confiança na sua empresa retorne ou se mantenha.

Mas o principal fator para escapar de uma crise maior é o planejamento, não adianta “tapar o sol com a peneira”, é preciso agir e dessa forma traçar diretrizes que possam solucionar o problema, resolver conflitos e aproveitar para propor melhorias em algumas atividades da empresa. O planejamento evita ainda que você seja pego de surpresa em relação a alguma pergunta ou acusação.

As redes sociais devem ser vistas como uma ferramenta que venho para melhorar as atividades empresariais e pessoais, é claro que  para que isso seja feito com qualidade é preciso que profissionais na área cuidem desse trabalho, porque, caso ao contrario, a crise só tende a aumentar, e os resultados positivos diminuírem, estando ou não em crise.