As novas tecnologias e a evolução das gerações

De geração em geração muita coisa e muitos comportamentos mudam. Isso sempre existiu, entretanto, atualmente o que está acontecendo é uma aceleração dessa corrida de gerações, em que a idade é apenas um dos fatores que as separam e que o comportamento, a forma de agir e as novas tecnologias são as principais diferenças. Podemos dividir em quatro gerações; os Baby Boomers, a Geração X, a Geração Y e a mais nova, e que começa a aparecer agora, a Geração Z.

Cada uma tem sim sua faixa etária, mas a idade mental e a velocidade com que se adapta às novas mudanças ajudam a equilibrar mesmo aqueles que são de uma garação mais antiga.  O que é impossível evitar , entretanto, é o contato de uma geração com a outra em um mercado de trabalho que está, ou não, pronto para lidar com as diferenças. Não é difícil você encontrar, em uma mesma empresa pessoas que gerações diferentes, e ai vem o conflito de valores e posturas.

No caso de Baby Boomers e Y, contamos primeiramente com profissionais na faixa dos 45 anos, que prezam pela sabedoria e pelo tempo de empresa, essa geração, entretanto, cada dia mais observa que a geração Y está vindo para ocupar os cargos de liderança rapidamente. Essa geração que, ainda, é a caçula do mercado de trabalho, tem pressa em conseguir reconhecimento e troca de emprego com facilidade se não tiver satisfeito. Com vontade de inovar a geração Y vem realmente tomando os cargos de liderança nas empresas, mesmo tendo ainda menos que 30 anos, isso graças ao contato com as novas tecnologias, formas de comunicação com o uso da internet e a atualização proporcionada pelos cursos e impulsionada pela vontade de liderar.

Entre essas duas gerações, os membros da X ainda se assustam mais com os da geração Y e temem perder o emprego para alguém que demonstre mais energia. Criados  na época das crises financeiras, o objetivo do trabalho dos X é estabilidade e por isso sobra paciência para a espera de uma promoção, oposto aos  Y.

Mais uma geração que daqui a pouco está no mercado é a geração Z. Impaciente essa geração amplia as características da geração que a antecede, a geração Y e por isso tem dificuldades de relacionamento e trabalho em equipe, o que pode ser contraditório para uma geração que se comunica o tempo inteiro devido o apoio da internet e das redes sociais. Essa geração já nasceu no meio da tecnologia e sempre teve contato com computadores, redes sociais e celulares ultra-modernos. Mesmo com tanta informação essa geração tem dificuldades em transforma-las em conhecimento e mais, precisam aprender a lidar com as pessoas mais velhas.

Para especialistas, o ideal para as empresas é mesclar essas gerações tão diferentes devido ao acesso às novas tecnologias e maneiras de se comunicar. Abaixo uma reportagem exibida no Jornal da Globo apresenta a geração Z e mostra com uma empresa pode aproveitar dos vários talentos de cada uma das gerações.