As mídias sociais como aliadas do conhecimento

As mídias sociais se transformaram em um canal de comunicação cada vez mais presente na realidade dos jovens. Usuários assíduos da internet, eles estão sempre conectados com tudo de novo que surge no mundo digital. Não somente como ferramenta de entretenimento, no entanto, as redes sociais on-line oferecem vastas possibilidades de interação das escolas e professores com estes adolescentes. O método educacional clássico tem a disposição recursos importantes que possibilitam estreitar os laços e o convívio diário com os alunos, oferecendo um sistema didático mais completo e moderno.

Por isso, devemos observar formas de transformar o conhecimento e o dialogo com os educadores em conteúdo digital que proporcione ao aluno um contato e vivência maiores com as informações adquiridas em sala de aula:

1-      Pesquisar o que os alunos têm a dizer sobre as mídias sociais:

A forma mais simples de encontrar um canal interessante que vá agregar conteúdo ao aprendizado dos alunos é saber como eles se comportam com relação às mídias sociais. Os professores devem saber primeiro quais redes sociais on-line eles consideram mais úteis, aquelas que freqüentam mais ou tem mais familiaridade. É possível sugerir discussões através delas ou encontros on-line extraclasse. Levantados estes dados, o educador deve pensar nas propostas que se alinham melhor com os objetivos do curso.

mídias sociais nas escolas

2-      Utilizar grupos ou comunidades:

Montar grupos no facebook destinados às discussões em classe, por exemplo, é uma forma de propiciar a interação dos alunos com seus colegas e professores. No twitter, é possível aproveitar os recursos das #hashtags, por exemplo, para que o aluno utilize quando publicar conteúdo referente às aulas ou dúvidas. Buscar outras plataformas que possibilitem troca de idéias sobre os assuntos do curso também é uma forma de estabelecer esta comunicação. É importante que os educadores se preocupem em aproveitar estes canais sem interferir nos perfis pessoais de seus alunos, por exemplo, tendo o cuidado com esta separação entre a vida pessoal e a vida em classe de cada um.

3-      Estabelecer limites claros

Depois de decididas as vias que serem usadas para estimular essa interação é fundamental que os educadores estabeleçam e sigam alguns limites quanto à utilização dos canais. Alguns professores vão optar em aceitar pedidos de amizades, outros podem preferir manter a privacidade. É sempre bom lembrar também que deve haver uma preocupação quanto ao conteúdo publicado pelos educadores a partir do momento em que seus alunos os acompanham.

Pesquisas apontam que 80% das universidades já utilizam as mídias sociais de alguma forma na aprendizagem. O estímulo à utilização destes canais é importantes para que cada vez mais novas ferramentas surjam. Assim, estes meios devem servir como aliados para aproximar as novas gerações do estudo e conhecimento transmitido pelas escolas, agregado ao potencial do mun
do virtual.